CUIDADOR DE IDOSOS: QUAL A MELHOR CARGA HORÁRIA PARA CONTRATAÇÃO?

CUIDADOR DE IDOSOS: QUAL A MELHOR CARGA HORÁRIA PARA CONTRATAÇÃO?

Se você já tem ou precisa contratar cuidadores de idosos em Porto Alegre, deve ter conhecimento sobre a carga horária de trabalho destes profissionais. Afinal, há diversas possibilidades de se organizar o horário de trabalho destes profissionais e sua escala de trabalho. Mas qual seria, de fato, a melhor forma de organizar a escala de trabalho de um cuidador de idosos?

Há quem diga que 6 horas de trabalho é o ideal para não sobrecarregar, mas também há quem diga que 24 horas de trabalho é melhor, pois diminui a quantidade de pessoas circulando pela residência do idoso.

Conheça abaixo as possibilidades de se organizar a escala de trabalho de um cuidador de idosos:

6 HORAS

É uma carga horária que não oferece sobrecarga de trabalho para o profissional, o que deve manter a qualidade dos cuidados. Mas é importante destacar que mesmo com a baixa carga horária, um profissional que trabalha 6 horas diárias não deve trabalhar 7 dias por semana, afinal é necessário no mínimo uma folga para que o profissional possas ter um descanso e curtir momentos de sua vida pessoal, reduzindo seu estresse. Neste caso, seria necessário uma outra pessoa, estranha ou não, para cobrir estas folgas.

Caso seu familiar idoso necessite de cuidados em tempo integral, a carga horária de 6 horas não é recomendada, pois demandaria 4 profissionais por dia para completar as 24 horas.

8 HORAS

Assim como nas 6 horas diárias de trabalho, o profissional cuidador que trabalha 8 horas não deve ter uma sobrecarga, mas também necessita de uma ou duas folgas por semana. Aí temos o impasse de ter uma ou mais pessoas, estranhas ou não, para cobrir as folgas deste cuidador. E, também como no caso das 6 horas, se seu familiar necessitar de cuidados em tempo integral, seria necessário 3 pessoas por dia para dar conta dos cuidados.

24 HORAS

É muito comum que profissionais cuidadores trabalhem 24 horas nas residências dos idosos. Pois, desta forma, a família tem a necessidade de gerenciar apenas duas pessoas que se revezam para garantir o cuidado do idoso.

No entanto, não é recomendado que nem o cuidador, nem profissionais de outras áres trabalhem mais do que 12 horas, afinal, sabemos que uma pessoa não deve ficar acordada por 24 horas consecutivas, pois isso impacta diretamente em sua saúde e deve aumentar seus níveis de estresse. Outro ponto importante de se destacar no caso de profissionais que trabalham 24 horas ou mais é que estes acabam precisando dormir durante a jornada de trabalho. O que é um grande problema, pois quem dorme não está cuidando ou dando atenção ao seu familiar idosos que necessidade de atenção e cuidados.

Atualmente se fala muito no cuidado com o cuidador, pois muitos profissionais são submetidos a jornadas de trabalho excessivas, o que impacta diretamente a qualidade do cuidado oferecido ao idoso.

Portanto, evite profissionais cuidadores e empresas de cuidadores que oferecem jornadas de trabalho de 24 horas, pois em um curto período de tempo a este profissional deve se sobrecarregar e deixar a desejar no cuidado e na atenção para com seu familiar idoso.

MAIS DE 24 HORAS

Vimos que 24 horas de trabalho é uma jornada que causa exaustão ao profissional, o que impacta diretamente na sua saúde e na qualidade de seus serviços de cuidado e atenção ao seu familiar idoso. No entanto, você vai se deparar com cuidadores e empresas de cuidadores que ofertam atendimentos de 36, 48 e até mesmo 72 horas.

Tome cuidado com estas ofertas, pois, além de ilegais, oferecem alto risco para seu familiar idoso. Afinal é humanamente impossível manter-se acordado por tanto tempo e, quando dorme, o profissional não cuida e expõe seu familiar a diversos riscos, como uma queda, por exemplo, que resulta geralmente em fraturas, mas também pode levar o idoso à morte.

12 HORAS

Se seu familiar necessidade de cuidados em tempo integral (24 horas por dia), ou em um turno apenas (dia ou noite), opte pela jornada de trabalho de 12 horas para o cuidador. Mas fique atento para que este profissional não trabalhe 12 horas todos os dias, ou muitos dias seguidos. Esta escala de trabalho para o cuidador deve sobrecarregá-lo e reduzir a qualidade de seus serviços ao longo do tempo.

A jornada de 12 horas de trabalho é a mais indicada, quando há o período de 36 horas de interjornada (descanso). Ou seja, se seu familiar idosos necessita de cuidados em tempo integral, o ideal é ter 4 profissionais, 2 durante o dia e 2 durante a noite, intercalando entre si.

Na prática, com 4 profissionais atuando no cuidado com seu familiar idoso, você garante qualidade de vida para seu familiar e também para o cuidador. Além disso, se algum profissional tiver alguma situação de folga, falta ou mesmo atestado, há outros 3 que poderão cobri-lo, evitando assim uma pessoa estranha.

GERENCIAMENTO DE CUIDADORES

Após recrutar, selecionar, analisar currículo, experiências e documentos e entrevistar o cuidador, você também terá a responsabilidade de gerenciar a equipe de profissionais que vai prestar cuidado para seu familiar idoso. Inicialmente pode parecer uma tarefa fácil, mas administrar pessoas é complicado e você deve estar preparado para todo tipo de situação. Porém, ao longo do tempo você vai se deparar com folga, faltas e até mesmo atestados dos profissionais que lhe causarão dores de cabeça e muito estresse.

Além disso, se você não for contador, vai ser necessário ter um profissional deste para cuidar dos registros e encargos destes profissionais, como INSS, FGTS, vale transporte, vale alimentação, benefícios e multas em caso de desligamento. O que demanda tempo e muito dinheiro também.

Outro aspecto a se observar, é a quantidade de processos trabalhistas que existem tramitando no Tribunal de Justiça do Trabalho, de cuidadores de idosos contra os próprios idoso e/ou suas famílias. Há diversas alegações nos processos, mas principalmente a jornada de trabalho excessiva e não pagamento horas extras. Estes processos geralmente têm valores altos, superando a faixa dos R$ 50.000,00. E você com certeza não vai querer se deparar com uma situação dessas, mas com certeza conhece uma pessoa que passou por esta situação desagradável e onerosa. 


Tendo em vista este processo desgastante e estressante para as famílias que já precisam lidar com uma doença ou necessidade de cuidado de um ou mais familiares idosos, a Personale Cuidador atua em Porto Alegre e região metropolitana na contratação e gestão de profissionais cuidadores de idosos, técnicos de enfermagem, enfermeiros, fisioterapeutas, fonoaudiólogos e nutricionistas para garantir qualidade de vida para os idosos e tranquilidade e segurança para você e sua família.

Na Personale Cuidador você conta com profissionais altamente capacitados para cuidar de seu familiar idoso, além de uma estrutura administrativa que cuida de toda contratação, gestão e monitoramento destes profissionais, além da cobertura de folgas, faltas e atestados. Além disso, na Personale Cuidador você fica isento de qualquer responsabilidade trabalhistas, afinal, os profissionais, bem como seus encargos sociais ficam sob responsabilidade da empresa.

Se você precisa de cuidadores ou já possui cuidadores, não deixe de conversar com um de nossos especialistas em atendimento domiciliar e saiba como oferecemos a melhor experiência em cuidados com idosos em casa, no hospital ou clínicas há mais de 20 anos.