EXAMES DE CORONAVÍRUS COMPRADOS PELA PREFEITURA VÃO AMPLIAR TESTE PARA TODOS COM SINTOMAS

A Prefeitura de Porto Alegre amplia a testagem para o novo coronavírus na Capital a partir desta quinta-feira, 7. Depois de aumentar a capacidade para até 580 testes por dia, número que se espelha no padrão de testagem da Coréia do Sul, referência mundial de enfrentamento ao coronavírus, o Executivo passa a oferecer análise para toda a população que apresente sintomas da Covid-19. 

Há algum tempo, o prefeito Nelson Marchezan Júnior já havia alertado que há subnotificações no Brasil e no mundo e que, por isso, o número de casos não era uma boa referência. Agora, com a ampliação do número de exames, será possível ter mais precisão na quantidade de casos. 

“Passaremos a ser uma referência na testagem da população. Teremos uma base mais sólida para ampliar a segurança e assertividade das decisões.” – Prefeito Nelson Marchezan Júnior 

No início da pandemia, os testes estavam reservados somente para pessoas hospitalizadas e profissionais de saúde. Desde a última semana, passaram a ser aplicados em idosos e profissionais das forças de segurança. 

Segundo o secretário municipal de Saúde, Pablo Stürmer, a medida consolida a preparação das estruturas de saúde para o diagnóstico completo. “Essas informações são determinantes na tomada de decisão para enfrentamento ao coronavírus na rede de saúde do Município”, ressalta.

Para ter acesso aos testes, a população deve procurar os postos de saúde ou as seis tendas para atendimento a suspeitas de Covid-19. Pacientes com até sete dias do início dos sintomas serão encaminhados para pesquisa da presença do vírus pelo teste PCR. Já em pacientes com oito dias do início dos sintomas será feito o teste rápido, que verifica a presença de anticorpos.

Testes – Entre os 580 exames diários que estão sendo possíveis agora, estão incluídos os kits comprados pela prefeitura, 300 PCRs/dia fornecidos pelo Peritos Lab, 150 PCRs por dia fornecidos pelo Grupo Exame e 30 PCRs por dia na Santa Casa, além de 10 mil testes rápidos do Hilab, dos que foram doados por parceiros (2 mil testes rápidos pelo grupo Iguatemi), dos distribuídos pelo Ministério da Saúde (2,7 mil testes rápidos) e dos que serão realizados em parceria com o Hospital Moinhos de Vento (100 PCRs por dia). 

Na manhã dessa quarta-feira, 6, Porto Alegre tinha 38 leitos de UTI ocupados por pacientes testados positivos para coronavírus – cerca de 5% do total de leitos de terapia intensiva disponíveis na Capital. Este número atingiu o pico de 43 internados há mais de 20 dias.

FONTE: Prefeitura de Porto Alegre